EIRPG

Posted: sábado, 5 de julho de 2008 by Jesse James in
7

Hoje, sábado dia 05 de julho, tive a oportunidade de ir conferir 16° edição da EIRPG. O evento estava bem morno: diversos
campeonatos ocorrendo ao mesmo tempo, equem queria mesa apenas p/ jogar tinha que se virar e jogar no chão, uns malucos fantasiados vagando por lá (cada tipo estranho que vcs ñ fazem ideia, hehe), standes de jogos de RPG's, galera estranha comerciando trocentas cartas de magic em tudo que era canto, o pessoal da XBox 360 Brasil demonstrando alguns jogos de video
game, além um enorme espaço disperdiçado p/ um museo devideo games onde ninguém podia jgar, apenas olhar, um workshop de pintura de miniaturas, onde tinha uma galera ensinando as técnicas de pintura, até eu arrisquei a pintar algumas e confesso que fiquei empolgado em comprar um kit e arriscar a pintar as miniaturas de alguns jogos que tenho, ñ é tão difícil quanto parece. Chegando lá fui logo ao que interessava: o espaço da Ludus. Um espaço bem modesto e com poucos jogos, mas o suficiente para fazer a divulgação e atrair novos adeptos ao mundo dos tabuleiros.O espaço estava bem movimentado, a galera tinha muita curiosidade em conhecer os jogos, eles entravam olhavam as caixas, pegavam as peças admirados, faziam comentários do tipo: "ganha o jogo quem conquistar mais aldeias??" um deles perguntou ao observar uma partida de Stone Age. Alguns até arriscavam a jogar
Catan e Cash and Guns, eram as duas mesas mais movimentadas, pelo menos enquanto eu estava lá. Além desses dois jogos tinha também disponível p/ o pessoal jogar o T2R Europe e Lost Cities. Deu tempo de até uma partidinha de estréia do Stone Age. Adorei o jogo, regras fáceis, apesar do fator sorte estar presente nas rolagens de dados, existem muitas decisões difícieis durante o jogo e há diversas maneiras de pontuar e de chegar a vitória. Jogamos eu, o Pedro e a Baby da Ludus, com uma vitória apertada do Pedro. O jogo foi relativamente rápido, já que a Baby acelerou muito o jogo comprando construções da mesma pilha durante o jogo. Essa é uma das maneiras de terminar o jogo: ao acabar qualquer uma das pilhas de construções, cada pilha tem 7 construções, se uma delas acabar o jogo termina.
Bom, foi uma tarde razoável que poderia ter sido bem melhor, mas apesar de tudo gostei muito do workshop de miniaturas, rever os amigos da Ludus e conhecer pessoalmente o Vcitor do Rio de Janeiro, pena que ñ foi muita gente do Jogasampa, esperava encontrar o pessoal lá.


Abraços,

7 Baboseiras postadas. Deixe a sua clicando aqui:

  1. Formiga says:

    Só faltou o pessoal dos boardgames fantasiado de Meeples...

  1. Hahahahaah, seria hilário. Pelo menos pessoal da Ludus deveria estar fantasiado de Meeple, já pensou como seria engraçado ver o Tola e o Banin fantasiados??? ahhha

  1. Soriano says:

    vai me dizer que de novo na estreia de um jogo seu vc foi o "Rubinho dos tabuleiros" .... hehehe ..... acho q só quando lançarem um jg com tema de teteca ou bolinha de gude ... q vc vai vencer hein .....????

    Algum jogo novo pintou no pedaço !!!?????

    abs

    Renato

  1. Heheheh, quem tem essa fama é vc ñ eu, rss.

    Só joguei uma partida de Stone Age, tinha poucos jogos lá. Fiquei boa parte do tempo pintando miniaturas, hehe.

    Abs

  1. Opa! Uma pena que passei rapidamente, mas ainda vamos marcar aquela jogatina.

  1. leandro says:

    eai JJJ sempre quando vc me chama pra jogar nunca dá, quando eu te chamo vc some cara??? sabadão eu fiquei jogando baralho até 6:30 da manhã na casa do barão eu a Chiquinha, Japa, Barão da proxima vez cola lá
    valeuuu

  1. Victor says:

    Jese, foi um prazer conhecer você e o pessoal da Ludus. Agradeço a oportunidade de conhecer o Stone Age também :)